Falando em saudade, como vai você?
A saudade é a presença dos ausentes.
SUPERAR-R ©
1

2

3

4

5

»
“Não me pergunte se estou bem, nem eu sei como realmente estou. Tem hora que bate uma tristeza repentina, outra hora uma alegria passageira. E às vezes tudo fica simplesmente meio-a-meio.”
João Pedro.     (via antipoetico)

“À noite
o corpo aquieta
mas a mente inquieta.”
Jéssica Letícia.  (via impreparada)

“As pessoas acham que ando deprimido. Não vou desmentir, prefiro deixar assim, é até bom. Os deprimidos podem agir de modo esquisito e não precisam justificar suas bobagens o tempo todo. Ele é um deprimido, quem se importa? Recebam meu recado: eu até que estou indo bem. Somente descobri que, no momento agora, só consigo ir com as caras que nunca mais verei, só consigo me apaixonar pelo que assumidamente é feito de pó. Não faça como o resto da cidade, não ultrapasse meu semáforo depois que já fechou. A pressa é inimiga da direção. E a gente se vê, ainda. Promessa.”
Gabito Nunes  (via distanciava)

“De todos os tipos de pessoas que conheci e passaram pela minha vida, eu sempre gostei mais daquelas que sabem nos tocar sem nem precisar encostar um dedo. Das que entram inteiras quando a gente já se acostumou com metades.”
Camila Costa   (via distanciava)

“Há músicas que nos fazem querer dançar, músicas que nos fazem querer cantar junto, mas as melhores músicas são aquelas que nos levam de volta à primeira vez que as ouvimos e, mais uma vez, partem nosso coração.”
Gossip Girl.    (via antipoetico)

“Crie laços com as pessoas que lhe fazem bem, que lhes pareçam verdadeiras. Desfaça os nós que lhes prendem àquelas que foram significativas nas suas vidas, mas infelizmente, por vontade própria, deixaram de ser. Nó aperta, laço enfeita. Simples assim.”
Caio Fernando Abreu.  (via distanciava)

“Não me pergunte se estou bem, nem eu sei como realmente estou. Tem hora que bate uma tristeza repentina, outra hora uma alegria passageira. E às vezes tudo fica simplesmente meio-a-meio.”
João Pedro.     (via antipoetico)